Pesquisar neste blog temas do seu interes

domingo, 7 de junho de 2009

TRANSTORNOS MENTAIS NOS JOVENS

É na adolescência, período de transformações na vida mental do indivíduo, a qual aparece diversas manifestações comportamentais, e que se confundem entre doenças mentais e comportamentos inadequados. O uso de drogas (cigarro, bebidas alcoólicas, cocaína e outros), pode ser um simples comportamento de experimentação da vida.
É na adolescência que a pessoa se descobre como indivíduo, gerando um sentimento de curiosidade e euforia, também gera um sentimento de medo e inadequação. Nesta fase se descobre o que é ser adulto, porém não está pronto para exercer as atividades e assumir as responsabilidades de ser adulto. Buscar exemplos e seguir ídolos artísticos, esportivos e outros, para a construção de seu caráter e seu comportamento, como também a necessidade de contrariar a vontade e ou idéias dos pais e ser diferente deles, também reflete a sua personalidade jovem. Para a construção de sua própria identidade como pessoa e que ao mesmo tempo ele pode não se ver capaz ainda de se separar, gerando então um sentimento de medo e insegurança. De um lado a vontade de ser independente e diferente, do outro o medo e dificuldade de assumir a posição adulta com as suas responsabilidades e desejos, isto tudo levam o adolescente a uma fase de intenso conflito, mudando de opiniões com facilidade levando a um comportamento bastante impulsivo. Nesta fase os adolescentes precisam de ajuda neste processo de “ser adulto”, o qual, mesmo não se constituindo em doença mental, pode se constituir em sofrimento para o adolescente, neste caso é importante a intervenção psicológica para possíveis transtornos como as doenças depressivas, que é comum na adolescência, como tristeza, irritabilidade, falta de interesse ou prazer em suas atividades, insônia ou excesso de sono, abuso de substancias psicoativas (álcool e outras drogas).
A dependência de drogas, que é o transtorno mais grave deste grupo, acarreta a ausência de prazer nas atividades sem a droga e a busca incessante da mesma, muitas vezes se envolvendo em situações ilegais ou de risco para se conseguir a mesma (roubo e tráfico). Podendo aparecer também Transtornos Psicóticos que muitas vezes se caracterizam por comportamentos e pensamentos muitos bizarros e distorcidos frente a realidade. Muitos transtornos da adolescência podem se manifestar com comportamento suicida (tentativas ou ameaças de suicídio).
São muitas as possibilidades de transtornos mentais nessa fase da vida, mas todas as situações devem ser muito bem avaliadas antes de se dar um diagnóstico e que suas atitudes podem refletir em problemáticas familiares.
A família, o psicólogo, o psiquiatra, o psicanalista ainda é a solução.

Ads by Revenue Hits