Pesquisar neste blog temas do seu interes

sábado, 2 de março de 2013


EITA CONCURSINHO COMPLICADO
Tive que ter uma audiência no Ministério Público para saber o que estava ocorrendo, já que a mais de um mês solicitei da prefeitura as informações sobre o Concurso realizado em 2010 e prorrogado até 2014, já que se estava sendo realizado um processo seletivo de professores e auxiliares de serv. gerais. Lá fiquei sabendo que; conforme a denuncia que fiz sobre os contratos provisórios enquanto tinha um concurso em vigência, que o Sr. prefeito comunicou ao MP que o concurso foi realizado sem que tenha sido criado cargos através da Câmara de Vereadores

. com base nesta resposta e que as aulas não poderiam ser prejudicadas, foi criado um processo seletivo emergencial. O MP notificou o Sr. José Ronaldo, ex prefeito para que se pronuncie ao respeito. Caso realmente aconteceu a terrível falha de não ter criado os cargos, o concurso de 2010 não tem validade; pois não se pode fazer concurso se não tiver sido criado os cargos, Com isso não se pode chamar mas ninguém do concurso, mas os que já tinham sido contratados, eles permanecem. Em caso de ter acontecido que chamaram uma pessoa antes da da vez, é só denunciar ao MP que será substituído pelo da vez. Uma pessoa falou hoje com o Sr. José Ronaldo e ele disse que os cargos foram criados sim e que o seu ex secretário já estava vindo para juntar os documentos. Se conseguir provar, ai o concurso de 2010 tem validade e passa a ser chamado os da vez, e no caso esse processo seletivo poderá ser nulo. Cabendo o prefeito fazer concurso só para os cargos que estão precisando de pessoal.
Obs. No período de 2.000 a 2004, quando fui vereador, na época lutei muito contra os contratos provisórios, até que foi realizado concurso e entrei com uma ação pedindo a anulação porque os cargos não teriam sido criado e o concurso foi nulo, então foi criados os cargos e depois foi realizado o concurso. Me estranha muito a notícia de não ter cargo criado. Vamos esperar para ver. Disse o vereador Portela.
  • Wilson Fleming o MP deveria fiscalizar essa estoria de contrato provisorio em todo o Acre. Não existe isso, é empurrar com a barriga, se necessita de professores e outros cargos provisorios que se faça concurso publico, em definitivo, é a lei. mete bronca portela
    Ontem às 15:10 · Curtir (desfazer) · 1
  • Ray Ceisalima isso meso, concordo plenamente com sua luta, q Deus t abençoe em cada uma delas, e q tdas sejam vitoriosas
    Ontem às 16:27 · Curtir (desfazer) · 1
  • Andreia Lima Rodrigues nesa camera de vereadores falta 8 q nem vc q luta pelo o enteresse do povo pois eu acha q esse tal de concurso e so faixada!
    Ontem às 18:56 · Curtir (desfazer) · 1
  • Gil Lima Parece um absurdo mais nao é... O atual gestor do município pode contratar em PLANO EMERGENCIAL desde serviços comuns (Professor, etc) ao mais complexos (Obras e etc) totalmente amprado por lei. É assim no Brasil. Ele poderia até contratar sem uso de licitações. Claro que por um período que se entenda como EMERGENCIAL. rs "Saudade da Terrinha".
    Ontem às 19:40 · Curtir (desfazer) · 1
  • Carlos Ramos Esteves Portela vc tem que combater esse jeitinho brasileiro de se burlas as leis, parabens. onde estao os outros vereadores que nao entendem nada de legislacao.

Ads by Revenue Hits