Pesquisar neste blog temas do seu interes

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

O PODER DE IGREJA NA POLÍTICA

Durante a solenidade de posse e a transmissão do cargo de prefeito do município de Epitaciolândia, a festa estava muito bonita, mas aconteceu um fato que chamou a atenção e merecedor de reflexão. Derrepente o pastor da Igreja a qual o prefeito empossado está fazendo parte, pediu para que André Hassem se posicionasse à frente da mesa com o braço direito esticado e levantado e dai a multidão presente passou a presenciar um juramento,

 o pastor falava e o prefeito repetia, juramento esse “cedendo/passando, no entender de muitos, o município à sua entidade evangélica”, declarando o município um suposto patrimônio da sua igreja evangélica. Compondo a mesa estava um padre da igreja católica, um outro pastor renomado da Igreja Assembléia de Deus o pastor Lazaro e na platéia outros pastores como o Sulivam Iduino, Ari Mendes e de outras entidades como Espíritas. A palavra não foi dada aos outros evangélicos, que foram convidados e tiveram que escutar esse juramento que foi um desrespeito para com os mesmos e para com o público pertencentes a outras entidades religiosas/evangélicas.

Vou acreditar e torcer que o prefeito tenha a postura de governante do povo do município de Epitaciolândia e que a posição evangélica não interfira nas outras diversas cultuassões e cultura comuns em nosso Brasil, como o carnaval já não existente em nosso município por oito anos de um outro prefeito evangélico, 20 de janeiro da igreja católica, festas juninas e outras mais. E como em nosso município nem todo o Juramento político é cumprido a risca, vamos ficar no aguardo de mais esse. vereador Portela

Ads by Revenue Hits