Pesquisar neste blog temas do seu interes

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Prostituição infantil

Segundo o Estatuto da Criança e do Adolecente, criança é até 12 anos e adolescente entre 12 e 18 anos de idade.
Sabemos que é grande a desinformação sobre o que é o sexo em toda a sua profundidade, e qual é a sua função e o seu sentido dentro da personalidade e da vida humana, “Viver a própria sexualidade, sem o devido conhecimento, pode levar a erros e transtornos na vida das pessoas”.
No corpo do ser humano existem desde o nascimento, todos os princípios que terão que desenvolver-se depois. Se nenhum contato os desperta, dormem até que chegue a época normal do seu desenvolvimento, mas quando este contato se verifica, vibra todo o corpo, despertam os adormecidos. É fácil se observar em crianças de 2, 3, 4, 5 anos de idade, que se tocada e acariciada sua genitália, o prazer das mesmas. Significa dizer que desde criança o instinto sexual já existe.
As crianças brincam com a própria genitália e com as dos amiguinhos, e isto elas aprendem sozinhas, este comportamento é natural e o tornam, meninos e meninas mais saudáveis sexualmente. O problema é quando entra um adulto que tenha sido abusado no passado, neurótico e doente. (o pedófilo)
A masturbação, que é o auto-erotismo do prazer sexual, se inicia quando criança.
No início da adolescência observa-se, nesta fase, uma tendência para uma reedição dos impulsos orais, anais e fálicos, e um misto de interesse sexual e de conflitos com os pais.
A cada dia que passa, cresce o número de meninas que buscam fazer programas na busca de melhores condições de vida, estas meninas são vistas pelas ruas das periferias e da cidade; Com seus vértices e comportamentos escandalosos, na sua maioria, mostrando os seios, pernas, tatuagens, pincem cabelos tingidos. São algumas das estratégias usadas para chamarem a atenção. Desta forma colocando em risco a vida do cidadão, que desde o nascimento tem o instinto sexual, e se ver atraído com isto tudo.
Contribuem para este processo a sensualidade mostrada sem nenhum pudor, nas revistas, televisões, danças, músicas, roupas, etc., assistidos por nossas crianças. Se já não bastasse, ainda tem o fuso-horário para complicar ainda mais.
As leis estão ai para serem aplicadas, com punições severas ao homem que for pego descumprindo o Estatuto da Criança e do Adolescente; Já o ESTADO, que representa a centralização do poder, com arrecadações provenientes de impostos altíssimos, e que o mesmo tem a obrigatoriedade de converter em melhores condições de vida e estrutura como: educação, saúde, cultura, emprego, lazer, moradia, etc. Não está cumprindo a CONSTITUIÇÃO FEDERAL, até parece que as leis, neste sentido, são inválidas ou inconstitucionais para a sociedade.
É preciso resgatar os valores e padrões éticos e morais da família; Uma criança que aprende desde sedo a si valorizar, terá menos chance de se prostituir no futuro. “Famílias estruturadas formarão cidadãos estruturados”, e isso pode ser iniciado dentro de casa.
Carlos Portela Eduino

Ads by Revenue Hits